Dia de Greve e Manifestação dos Trabalhadores do SBSI/SAMS

Os cerca de 1.300 trabalhadores, ao serviço do Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas (SBSI) – entidade patronal dos Serviços de Assistência Médico-Social (SAMS), cujos serviços estão localizados nos distritos de Lisboa, Santarém, Castelo Branco, Évora, Beja, Faro e nas Região Autónomas dos Açores e Madeira –, estarão amanhã em Greve e Manifestação até ao Ministério do Trabalho.

Esta Greve foi decidida e decretada por todos os Sindicatos representativos dos Trabalhadores do SBSI/SAMS, porque a sua entidade patronal, a Direcção do SBSI, e designadamente o seu presidente, continua a não dar qualquer resposta aos pedidos de reunião que lhe foram dirigidos, não demonstrando, desta forma, qualquer vontade negocial, mas, clara e ostensivamente, que pretende acabar com a contratação colectiva e com os direitos dos trabalhadores ao seu serviço.

Face ao total desrespeito da parte dos dirigentes do SBSI, os Trabalhadores estarão amanhã em Greve e manifestarão publicamente a sua revolta e indignação, com:

  • CONCENTRAÇÃO a partir das 9:30h, frente ao Centro Clínico do SAMS, na Rua Fialho de Almeida, de onde sairão em,
  • MANIFESTAÇÃO até ao Ministério do Trabalho (Praça de Londres), com concentração em frente ao Ministério do Trabalho às 11h30.

Os Sindicatos e a Comissão de Trabalhadores estão e estarão ao lado dos Trabalhadores na defesa dos seus legítimos direitos e responsabilizam a Direcção do SBSI por toda a instabilidade e prejuízos que possam advir, decorrente do incumprimento das convenções colectivas, da total ausência de vontade negocial e do conflito que ostensiva e vergonhosamente está a provocar.

P’ Os Sindicatos
P’ A Comissão de Trabalhadores do SBSI

© 2018 Sindicato dos Médicos da Zona Sul